via @amodapelaagua

Hoje em dia, a sustentabilidade não é apenas verde, ela tem todas as cores!

Isso porque não basta preservar ou fazer menos mal, os lemas agora são regenerar, reconstruir, reutilizar…

Um exemplo brilhante dessa nova mentalidade é o caseda  startup indiana HelpUsGreen. A iniciativa foi, inclusive, vencedora da categoria de produtos de consumo dos Prémios Mundiais de Ideias em Mudança 2018 da Fast Company site de tecnologia de onde tiramos a matéria a seguir.

Tornamos a religião sustentável.

diz Ankit Agarwal, co-fundador de 28 anos da startup indiana Kanpur Flowercycling. Agarwal e seu parceiro Karan Rastogi coletam milhões de toneladas de flores deixadas em templos e mesquitas e transformam o lixo em produtoscomo palitos de incenso, sabonetes e embalagens ecológicas, sob a marca HelpUsGreen.

Os amigos agora empregam 1.200 mulheres para coletar as flores, muitas das quais tradicionalmente não tinham emprego formal. “Muitos delas estão mais confiantes agora e estão ganhando mais do que seus maridos. Elas estão empenhadas em economizar dinheiro para que possam enviar seus filhos para a escola “.

O desperdício religioso de flores não parece um bom começo para uma startup. Mas na Índia, a religião é um negócio sério e a escala de desperdícios de flores é realmente monumental. Agarwal diz que o projeto já coleta cerca de 7,2 toneladas de flores por dia em 24 locais diferentes. E ainda assim, esse volume está apenas arranhando a superfície. Até 2020, a startup poderá coletar 50 toneladas por dia e se ramificar em novos produtos. Atualmente, está desenvolvendo um material semelhante ao couro que pode ser transformado em bolsas e sapatos.

Estamos recebendo ligações e e-mails todos os dias de pessoas de todo o país e Bangladesh e Nepal – que desejam replicar nosso modelo. O mundo precisa de 10.000 startups como nós, Encerra Agarwal.

Modéstia a parte, a inventividade e a eficácia da HelpUsGreen são inquestionáveis.

E você? Já reciclou flores ou ideias hoje?