Diálogos sobre a alimentação e como a produção destes alimentos tem impacto no meio ambiente nunca estiveram tanto em pauta. O veganismo uma escolha pela qual a pessoa opta pela preservação do planeta e dos animais. Para esclarecer dúvidas sobre este assunto entrevistamos a Chef Vegana, Cá Botelho, que é coordenadora de gastronomia da (SVB), Sociedade Vegetariana Brasileira.

 

P-  Qual a diferença entre vegetarianismo e veganismo ?

R- Vegetarianos não consomem nenhum tipo de derivado animal. Existem os ovo lato vegetarianos que consomem e existe uma certa confusão em relação a isso. Já os veganos além de não se alimentarem de nenhum tipo de derivado animal, não utilizam produtos testados em animais, nem seda, couro, ou qualquer coisa que tenha derivado animal, como cosméticos, roupas, calçados.

P- Qual impacto que a cadeia alimentícia traz para o meio ambiente e para os seres humanos ?

R-Desmatamento da Amazônia para a plantação de soja da qual será direcionada para alimentar os animais. Economia de água , pois para produzir 1 kg de carne bovina são gastos 17 mil litros de água, contando desde a plantação da soja, abatimento do animal e a produção. Poluição da água devida aos dejetos descartados pelas granjas. Mudanças climáticas  já que para produzir 1 kg de carne bovina envolve a emissão de 335 kg de de CO2.

P- O  que seria o veganismo negro ?

R- Seria levar para a população menos abastada, da qual a maioria são negros, sustentabilidade e informação. Temos 54% da população brasileira que se considera negra e apenas 14% são abastados. Sendo que esta realidade é muito maior pois muitos negros não se consideram negros. Levando isto em questão vemos que sua maioria se alimenta apenas daquilo que tem disponível e não por uma escolha. O veganismo negro é levar inclusão. Por ter se tornado uma dieta da moda pessoas consideram o veganismo uma alimentação de ricos, e acreditam que ser vegano é caro. Algo que não é real, então quando falamos de veganismo negro estamos falando de uma grande população que está morrendo com doenças em sua maioria por causa alimentar. Por descuido e falta de informação, levar veganismo inclusivo e mostrar que é acessível e que estas pessoas não precisam se alimentar de produtos industrializados e que estão nos matando.

Existe também a questão que Infelizmente a maioria da população negra demora para  ter disponível em sua alimentação carne todos os dias. Isto acaba até se tornando um status social. Então ele ainda não teve essa ascensão, para ai sim depois pensar em se alimentar apenas de frutos, vegetais, grãos,etc… Para chegar a essa desconstrução leva tempo e muito conhecimento.

P- Dicas de documentários e filmes para quem pretende entender melhor sobre o veganismo.

Terráqueos, Cowspiracy, Especiesism, What The Health, A Carne é Fraca, Food Choices

 

A chef Cá Botelho, disponibiliza em suas redes sociais dicas e receitas veganas para os adeptos e simpatizantes desta causa.

Instagram:  Chef Cá Botelho

www.cabotelho.com