Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo e o programa Tecendo Sonhos está lançando a campanha #DoeTecendoSonhos, com o objetivo de arrecadar fundos para a reforma das oficinas de costura de imigrantes, visto o alto risco de acidentes e doenças laborais nestes ambientes. A intenção é promover relação justa de trabalho na cadeia de moda.

O programa Tecendo Sonhos lança campanha de doação, via pessoa física. O trabalho do programa consiste em capacitar de forma gratuita empreendedores donos de oficina de costura a se profissionalizarem, formalizarem, cumprindo dessa forma as regras de segurança do trabalho e que juntamente com as reformas estruturais promover relações dignas de trabalho. A campanha vai até dia 30 de maio e tem como objetivo arrecadar pelo menos 25 mil reais que serão investidos em melhorias para 20 oficinas em 2019 com a compra de equipamentos de segurança, ergonomia e reformas elétricas.

Ganhadores do prêmio ECOERA em 2015, a Aliança Empreendedora atua desde 2014 como uma rede de parceria, uma  organização social que apoia negócios inclusivos e projetos para microempreendedores de baixa renda, com o apoio do Instituto C&A. O programa social tem como foco o público latino-americano e já atendeu mais de 260
oficinas de costura e beneficiou mais de mil pessoas em situações de vulnerabilidade social.

O Brasil é o maior consumidor de roupas da américa latina. Existem mais de 14 mil oficinas de costura só em São Paulo.  Os imigrantes trabalham em media 15 horas por dia, em condições inapropriadas. Impactar positivamente e consumir com consciência são ações essenciais. É necessário saber onde e como foi produzida a peça que você está usando. E estar atento para que mesmo indiretamente não colabore com o trabalho escravo.

“ Hoje  minha vida mudou.  Sou legalizado, posso emitir nota, não preciso de trabalho terceirizado e nem intermediários.” Declarou, Roberto C. Lopes, empreendedor

“É uma iniciativa muito diferente para este setor. É um programa com resultados, onde é possível acompanhar começo, meio e fim.”  Camila Cristina Zelezoqlo, coordenadora de negócios internacionais, ABIT.

 

Acesse o link para participar da campanha e maiores informações !

www.tecendosonhos.org.br

 

Fontes: Centro de Apoio e Pastoral do Imigrante – CAMI, Aliança Empreendedora.