O carnaval é considerado o maior espetáculo da terra e é uma das datas  mais festejadas no Brasil. Infelizmente o número de crimes contra mulher só crescem e nesta época aumentam. A exposição do corpo feminino aliada ao imaginário que a festa carrega fazem com que muitas mulheres sejam assediadas.  Pensando em como garantir alguma segurança a essas mulheres.  A prefeitura Municipal de São Paulo, irá disponibilizar um ônibus lilás nos locais de grande concentração de público. A ideia é que seja um ambiente de acolhimento gratuito  onde as mulheres possam ir  caso se sintam  assediadas ou importunadas durante o evento.

 

A atuação do ônibus lilás no carnaval 2019 é resultado de uma parceria do Catraca Livre e o Rua Livre, organizadores do programa #CarnavalSemAssédio que este ano chega à quarta edição.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, a operação durante os dias de festa será de acolhimento, conscientização e, caso seja necessário, será realizado o encaminhamento para a rede de atendimento como Delegacia da Mulher, Centros de Referência, Ministério Público e Defensoria, que são parceiros na Rede de Proteção e Enfrentamento à Violência contra a Mulher. A unidade móvel que conta com psicóloga, assistente social, advogada, coordenadoras do movimento Coordenação de Políticas Públicas para Mulheres e apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM), do programa Guardiã Maria da Penha.

Existem leis que protegem este tipo de ação, importunação sexual agora  é crime, com pena de um a cinco ano de prisão. Muitas atitudes se encaixam nesta condição. Puxar o cabelo, segurar o braço e tentar beijar à força, são considerados crime! Aproveite o carnaval com segurança e respeito. E denuncie em caso de importunação !

Toda mulher é livre para festejar e expor seu corpo da forma que se sentir bem. E isto não é um convite para que o homem pense que tem o direito de toca-lá ou importunar. Não é Não !

Fonte: Prefeitura Municipal de São Paulo