Você sabia que cerca de 50% do lixo que geramos em nossa casa é orgânico?

E que ele pode ser compostado e se transformar em adubo?

Pensando nisso, vamos te dar os caminhos para criar sua composteira doméstica de forma fácil e acessível!

Vamos lá! 

PASSO 1

Você vai precisar de: 

-3 baldes de 15 litros/cada com tampa (parecidos com aqueles de alimentos industriais sabe?!);

-1 furadeira (para fazer os furinhos necessários);

-1 torneira;

-1 tesoura.

Passo à passo: 

Faça furos (com a broca de número 5) na base de DOIS baldes;

Faça furos (com a broca de número 4) na parte lateral superior de DOIS baldes (eles podem acompanhar a borda dos baldes (para funcionarem como uma troca e ventilação);

Recorte a tampa de DOIS desses baldes (faça um recorte em formato de círculo em cada tampa – sendo menor que a circunferência da própria tampa – no meio de cada tampa);

O último balde (que não recebeu furos em sua base) vai ter a torneira colocada. Faça um furo de encaixe dessa torneira. É por ela que o chorume irá sair.

Montagem: 

Coloque o primeiro balde (sem furos na base e com a torneira);

Coloque a tampa (com o recorte ao centro);

Coloque o segundo balde (com furos na base e nas laterais superiores);

Coloque a segunda tampa (com o recorte ao centro);

Coloque o terceiro balde (com furos na base e nas laterais superiores);

Coloque a terceira tampa (sem recorte) para tampas a composteira.

Pronto! Sua estrutura está pronta!!!

Agora vamos para O PASSO 2. Onde você começa a usar a composteira.

Depois da estrutura pronta (onde os 3 baldes estarão empilhados, formando a base da composteira) basta seguir alguns passos para que ela faça parte da sua rotina.

Para ela, você vai precisar de:

-Terra (pode ser qualquer terra);

-Minhocas californianas (As minhocas digerem parte da matéria orgânica – restos alimentos de origem vegetal – facilitando o trabalho dos micro-organismos na geração do húmus ( matéria orgânica estabilizada – que não sofre mudanças químicas ou físicas significativas);

-Serragem (peça a mais pura – para que não afete as minhocas);

-Restos de alimento de origem VEGETAL (que serão parte de todo o processo).

Passo à passo:

Coloque a terra e as minhocas nos baldes 2 e 3 (de baixo para cima respectivamente);

No balde 3 (o que estiver em cima – no topo) coloque os restos de alimentos (tudo que for de origem VEGETAL);

Coloque a serragem;

> IMPORTANTE: Esse processo entre RESTOS DE ALIMENTOS + SERRAGEM será continuo. Cada vez que você for depositar seu resíduo orgânico, você também vai depositar a serragem.

Esse processo vai acontecer até que o balde 3 esteja cheio.

Quando isso acontecer, você deve trocar o balde 3 pelo balde 2 (que já contém a base de terra e minhocas).

Assim, você continua o processo que já estava fazendo no balde 3.

Lembrando que o balde 1 (a base com a torneira) vai receber o chorume (aquele líquido que poderá ser utilizado como fertilizante).

Quando os baldes 2 e 3 de sua composteira estiverem cheios (e a massa estiver numa coloração escura) você poderá utilizar esse material como adubo. Esse processo costuma acontecer num período de 30 dias.

Vamos?

*SOMENTE ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL (Nunca utilizar alimentos de origem animal, óleos e gorduras).

Foto: Pexels