O Prêmio ECOERA, idealizado pela especialista em sustentabilidade e consumo consciente Chiara Gadaleta, chega à sua 4ª edição e está com inscrições abertas para pequenas, médias e grandes empresas dos segmentos de moda, beleza e design. A cerimônia de premiação acontecerá em novembro.

A cerimônia de premiação

 

Mesas redondas e rodas de conversas na ocasião das premiações

 

A Almanati foi uma das premiadas. Na foto com Taissa Buescu e Chiara Gadaleta

Único a analisar o mercado com base em indicadores de sustentabilidade, o Prêmio ECOERA se consolida como uma ferramenta de transformação social e ambiental nos negócios, além de criar metas para a diminuição do impacto dessas indústrias no meio ambiente e na sociedade.

Os troféus foram produzidos pelo Studio Bang Bang a partir de descarte de madeira e as placas com prata reciclada

“O que antes era visto apenas como uma prática eco-frindly, hoje, vem se tornando um diferencial competitivo para essas indústrias. Somente as empresas que estiverem alinhadas com o seu tempo e com as exigências de um consumidor cada vez mais consciente e engajado, farão parte dessa jornada rumo a uma econômica mais limpa, verde e justa”, explica Chiara.

As empresas inscritas no Prêmio serão analisadas de acordo com a sua atuação e impacto em quatro categorias: PLANETA, pontuação que avalia práticas relacionadas ao meio ambiente; PESSOAS, para as ações relacionadas aos trabalhadores e comunidades locais; GÊNERO, categoria que avalia empresas que concentram esforços para avançar em igualdade de gênero e empoderamento das mulheres; e por fim o ECOERA, que abrange as três categorias, sendo o prêmio de maior importância atribuído à empresa de maior pontuação. Em cada uma das categorias serão premiadas pequenas (até 49 funcionários), médias (até 249 funcionários) e grandes empresas (acima de 250 funcionários).

“Hoje já entendemos que a responsabilidade social e ambiental é compartilhada. De um lado, empresas cada vez mais interessadas em discutir suas práticas de produção e encontrar soluções, e do outro, consumidores como eu e você, preocupados com o Planeta e com a sociedade. Estamos todos juntos”, finaliza Chiara.

O Prêmio ECOERA é fruto de quatro anos de trabalho do Movimento ECOERA, também liderado por Chiara, e que funciona como uma consultoria com foco em ações socais e ambientais para os setores de moda, beleza e design, desenvolvendo agendas de impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. Desde a primeira edição do prêmio, em 2015, mais de 250 empresas se inscreveram, o que mostra a evolução do cenário e o processo de aprofundamento do debate.

O estudo também conta com um conselho consultivo formado por profissionais renomados como Márcia Hirota, diretora do SOS Mata Atlântica; Frinéia Rezende, do Legado das Águas; Paulina Chamorro, jornalista especializada em temas ligados ao meio ambiente e sustentabilidade, Denise Chaer, do Novos Urbanos e Carol Piccin, do Materia Lab.

Serviço: Inscrições para a 4ª edição do Prêmio ECOERA

Prazo: de 01 de agosto a 30 de setembro

Site: www.portalecoera.com.br/premio-ecoera-2018/#inscreva-se

Sobre o Prêmio ECOERA

O Prêmio ECOERA foi criado em 2015 com o desafio de unir os setores da indústria sob a ótica da sustentabilidade ambiental, social, econômica e cultural. Desde sua criação do prêmio, mais de 253 empresas se inscreveram e inauguraram uma nova forma de se relacionar com as questões sociais e ambientais no Brasil.

Facebook: /portalecoera

Instagram: @portalecoera