FAESP e Senar-SP orientam a realização de feiras seguras

Orientações contemplam localização das barracas, procedimentos de higiene e conduta de feirantes e clientes. No Estado, são 1.700 feiras, sendo 847 na Capital 

Com a manutenção do isolamento social por conta do novo coronavírus, a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-SP) estão intensificando as orientações para a realização de feiras seguras. O piloto do projeto será realizado no dia 5 de junho na Vila Mariana, bairro de São Paulo. 

A campanha contempla procedimentos de higiene, condutas recomendadas e até a correta distribuição de barracas. “Desde que a pandemia foi decretada e as feiras livres incluídas como serviço essencial, estamos orientando os feirantes sobre como conduzir suas atividades, com foco na saúde e na segurança alimentar e deles próprios”, explica Tirso Meirelles, vice-presidente da FAESP. “As feiras livres são um importante pilar do agronegócio e do abastecimento, não podendo parar”. 

As recomendações para a realização das feiras seguras, que atendem às especificações do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Embrapa, são divididas em cinco tópicos: orientações básicas aos feirantes; estrutura da feira; higiene, limpeza e prevenção; produtos recomendados para higienização; e orientações aos consumidores. 

Dentre as recomendações estão a marcação de distância para os consumidores, não permitir a aglomeração de pessoas em barracas de alimentação (como a de pasteis) e os processos para descontaminação de veículos, alimentos e equipamentos. Todas as informações estão em uma cartilha digital, que foi enviada aos feirantes e também está disponível no site da FAESP. 

O Estado de São Paulo tem cerca de 1.700 feiras livres, sendo 847 na Capital. O piloto da Feira Livre iniciará as operações na Vila Mariana, contará com 83 barracas dispersadas em 470 metros, priorizando pagamentos por aplicativos para evitar contato físico, toque em superfícies como as maquininhas e notas de dinheiro. 

O que é: Feira livre segura 

Data: 5 de junho (sexta-feira) 

Hora: 8h às 12h 

Endereço: Rua Andaraí, nº 755, bairro Vila Maria, São Paulo (SP). 

 

fonte Assessoria de Imprensa