No último fim de semana, viralizou na internet um vídeo onde torcedores brasileiros na Rússia assediam uma mulher, ridicularizando-a, em coro e em português, sem que a moça entenda o sentido das frases que é incentivada a repetir.

O vídeo, além de denunciar falta de educação e respeito dos brasileiros, evidencia o machismo e o racismo presente na nossa sociedade. Na mesma semana, uma repórter do Daily Motion foi beijada à força no rosto por um torcedor enquanto fazia uma transmissão em Moscou.

Alguns dos torcedores que aparecem no vídeo foram identificados e estão sujeitos a responder legalmente às denúncias. Um deles foi demitido da empresa em que trabalhava e outro publicou um pedido de desculpas.

Aqui no Portal ECOERA repudiamos veemente qualquer ato de assédio contra as mulheres e não aceitaremos que naturalizem estas atitudes machistas com justificativas como “era apenas brincadeira” ou alegações como “homens são imaturos”. Casos como estes precisam ser denunciados e os assediadores expostos, até que estas atitudes não mais aconteçam.

#machismonão