Depois da Câmara municipal do Rio aprovar recentemente o fim dos canudinhos plásticos na Cidade Maravilhosa, agora chegou a vez das sacolinhas plásticas.

Foi sancionada recentemente pelo governador do Rio de Janeiro a lei  8006/18, que bane o uso completo, a distribuição e a venda de sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais no estado.

As sacolinhas serão substituídas por bolsas reutilizáveis e biodegradáveis feitas com, no mínimo, 51%  de material proveniente de fontes renováveis e com resistência de, pelo menos, dez quilos. Nas cores verde e cinza, as novas bolsas poderão ser utilizadas até 60 vezes e poderão ser distribuídas gratuitamente ou vendidas por até seis centavos a unidade.

As micro e pequenas empresas têm até 18 meses para encerrar a comercialização das sacolas e os demais estabelecimentos têm o prazo de 12 meses.

Parabéns Rio!

*Com informações do jornal O Globo

Foto no destaque: VisualHunt