Conheça a iniciativa Origens Brasil e saiba como fazer parte dessa rede!

Você já parou pra pensar na origem dos produtos que você consome?

A iniciativa, que existe desde 2016 e foi idealizada em parceria com o Instituto Socioambiental, surgiu para gerar conhecimento e consciência sobre a origem da produção do que consumimos.

Trata-se de um sistema de garantia para assegurar a origem de cada produto vindo da floresta e ajudar o consumidor a identificar empresas que valorizam e respeitam, através de suas práticas diárias, os Territórios de Diversidade Socioambiental do Brasil. Práticas como: baixo impacto sobre os recursos naturais, conhecimentos tradicionais e conservação das florestas e territórios que habitam podem ser compartilhadas através de um código que pode ser acessado por empresas e consumidores finais.

Como funciona:

Produtores podem acessar a plataforma (através de um Tablet ou celular) para cadastrar, registrar e validar os dados de suas produções.

Esses dados ficam armazenados em uma plataforma e podem ser acessados por empresas e consumidores através do Selo Origens Brasil. O Selo é impresso no produto final e,com um sistema de QR Code, é possível rastrear todos os dados daquela produção.

ORIGENS BRASIL

Com essa leitura, é possível saber: sobre o produtos daquele produto, a cultura local, informações sobre aquele território, a forma como aquele produto é produzido e como ele é comercializado.

O resultado dessa conexão é uma rede mais colaborativa, onde o conhecimento e o reconhecimento de todos esses dados, possibilita mais verdade e responsabilidade para todos os envolvidos. Potencializando uma relação comercial mais ética, que valorizam os povos produtores e seus territórios.

ORIGENS BRASIL

Vale ressaltar que essa conexão possibilita que empresas possam estabelecer relações mais seguras com os produtores, podendo comercializar esses produtos e fomentar a geração de renda. Tudo de forma mais justa para todos.

Valorizando as florestas, você também valoriza quem vive delas!

Você pode saber mais aqui:

E acompanhar o relatório de 2018 aqui:

#impactopositivo

#imactoecoera

Foto: Origens Brasil

Fonte: Origens Brasil