Publicação destaca urgência de ações concretas para superar desafios no acesso à água potável

As mudanças climáticas afetarão a disponibilidade, a qualidade e a quantidade de água necessária para as necessidades humanas básicas. Além disso, o direito básico à água potável e ao saneamento para bilhões de pessoas será comprometido. Esse é o alerta do Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos 2020, lançado hoje (23), cujo tema é água e mudança climática. Acesse aqui

O material traz informações sobre os desafios a serem superados para atingir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6, que faz parte da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. As mudanças climáticas afetarão as economias, saúde, agricultura, segurança alimentar, entre outros. Além disso, ações concretas são urgentes para garantir o acesso à água potável e ao saneamento para todos dentro de dez anos. Atualmente, 2,2 bilhões de pessoas não têm acesso a água potável gerenciada com segurança e 4,2 bilhões, ou 55% da população mundial, estão sem saneamento gerenciado com segurança.

O Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos 2020 é publicado anualmente em conjunto por 32 organismos das Nações Unidas, que forma o UM-Water. A UNESCO é responsável por coordenar a publicação, que e uma referência global para gestores e técnicos da área.