O Brasil conta com mais de 800 mil catadores, responsáveis pela coleta de 90% de todo o volume de matéria que é reciclada no país.

Pensando nisso, o Pimp My Carroça, movimento que luta para dar mais visibilidade aos catadores, teve uma ideia muito bacana: o app Cataki. O objetivo é conectar os paulistanos com os catadores de lixo, para que todo material recolhido tenha um destino sustentável.

A ferramenta funciona como uma espécie de “Tinder da reciclagem”, já que a ideia é encontrar os catadores mais próximos da sua localização. É só baixar o app, se cadastrar, procurar o catador e negociar diretamente com ele a retirada. Cada catador tem um perfil na plataforma, com uma breve bio, e os materiais que recolhem.

E olha só que incrível: no último dia 13 de fevereiro, o aplicativo saiu na frente de 2 mil iniciativas tecnológicas de todo o mundo, e venceu o prêmio de inovação digital Netexplo na sede da Unesco, em Paris. O grafiteiro Mundano, idealizador do Pimp My Carroça, comemorou nas redes sociais: “Foi emocionalmente ver uma ideia de 4 anos se tornar realidade e ser reconhecida globalmente em tão pouco tempo”.

Para saber mais – e baixar o app – acesse o site do Cataki: www.cataki.org