Em bate-papo com Chiara Gadaleta, o britânico co-fundador da marca de bolsas sustentáveis, Bottletop, revelou nesta quinta-feira (25 de outubro de 2018) ao público presente no evento Iguatemi Talks que a qualidade é o principal foco dos produtos da marca, que visam a sofisticação de um design tradicional em nossa cultura, utilizando lacres metálicos na fabricação dos produtos.

“A união de culturas é uma realidade indiscutível na Bottletop”, afima Cameron Soul que conecta moda, musica, arte e sustentabilidade. Cameron concorda com Chiara sob o ponto indiscutível de que a moda sustentável não pode ser momentânea, que a sustentabilidade é uma necessidade e devemos cada vez mais explorar maneiras de integrar as questões sociais e ambientais nos produtos. Além de ser fonte de inspiração , é no Brasil que a marca tem o maior impacto positivo gerando renda para a comunidade de Itapuã na Bahia onde são criadas as mantas provenientes da reciclagem dos lacres de latinhas descartados.

Sobre sua Pop Up em Londres, UK, Cameron diz que a intenção é levar o público a um universo de sustentabilidade. Completamente em design 3D a loja utiliza como material base para a impressão 3D, por meio da qual é realizada, o plástico reciclado, sendo inteiramente livre de desperdícios, ou seja, zero waste.
Para os designers que trabalham ou pretendem desenvolver projetos no ramo sustentável Cameron diz que a palavra chave é PERSISTÊNCIA, “construa sempre o melhor produto que você puder é isso que fazemos na Bottletop”. O co-fundador sente o Brasil aberto para a moda sustentável e acredita que nossa riqueza ambiental e cultural influência muito em nossa construção por meio a sustentabilidade.

da Redação