Seminário sobre pesca sustentável traz debate e degustação preparada por grandes chefs

Indústria, varejo, lideranças comunitárias, chefs de cozinha e influenciadores da área de gastronomia estarão representados no próximo dia 24 de julho, na Unibes Cultural, em São Paulo, durante o IV Seminário Pesca e Aquicultura: Buscando Soluções Sustentáveis.

A ideia é mostrar experiências e desafios deste movimento no Brasil, terminando o dia com uma degustação especial feita com pescados – tainha, bijupirá e vieira – cujo processo de captura até a chegada ao prato do consumidor cumpriu práticas adequadas, sem prejuízo para a espécie e o seu habitat. “Comer pescado sustentável significa apoiar os produtores responsáveis e o bem-estar dos nossos mares”, afirma Cintia Miyaji, diretora executiva da Aliança Brasileira para Pesca Sustentável, promotora do evento.

Nossa chefe de redação, a jornalista Paulina Chamorro, participa às 15h da mesa Chefs e Influenciadores Digitais: Consumo Sustentável, ao lado das chefs Bel Coelho e Bella Massano e de André Ahn.

Foto: divulgação Baru

Para se inscrever clique aqui

A partir das 19h começa o Festival  DA ÁGUA AO PRATO – Desgutação de pescados sustentáveis, organizado pela CI- Brasil

A ONG Conservação Internacional, um dos importantes elos desta cadeia, participa às 9h do painel sobre Responsabilidade Social, em que será apresentada a experiência do projeto Pesca+Sustentável. O projeto atua em sete pescarias nos Estados do Rio, Pará e Bahia, atingindo aproximadamente 5 mil famílias pesqueiras. Os profissionais da CI-Brasil orientam quanto ao manejo adequado dos pescados em todas as etapas e auxiliam na comercialização direta dos produtos para restaurantes, peixarias e barracas de praia, viabilizando a existência e autonomia da atividade pesqueira tradicional a partir de boas práticas.

Serão fornecidos para a degustação a tainha pescada na Lagoa de Araruama, Região dos Lagos (RJ), e também a vieira e o bijupirá procedentes dos cultivos da Bahia de Ilha Grande (RJ). A experiência de revitalização da Lagoa de Araruama, que há alguns anos foi considerada morta e hoje provê sustento para 600 famílias pesqueiras, será apresentada pela liderança Chico Pescador, que também representa o Confrem – Comissão Nacional para Fortalecimento das Reservas Extrativistas e dos Povos Extrativistas Costeiros Marinhos.

 

Da Água ao Prato – Degustação de pescados sustentáveis  

Chefs, restaurantes e menus

André Ahn, do Clos

Vieiras com creme de rutabaga, cambuci e pêras em conserva.

Eduardo Lascane, do ELO

Ceviche de Tilápia com gelatina de maracujá, cebola roxa, pimenta dedo de moça, cebolinha e coentro com caldo de missô e cítricos.

Dagoberto Torres, do Barú Marisqueria

Taco de bochecha de peixe em tortilla de trigo, com mayocrema de sriracha

Charly Damian, do Charleston Bubble Lounge 

Tartare Bijupirá e Terrine de foie. (Tartar com manga verde, terrine de fígado e miúdos, com pururuca de Bijupirá.)

Telma Shiraishi, do Aizomê

Tainha grelhada com risoto de arroz negro japonês com cogumelos e karasumi (ovas de tainha curadas em sal e sake)

# o Sushiman do Aizomê Victor Iwamoto vai cortar sashimis na hora, de uma seleção de peixes não tradicionais na culinária japonesa. Entre eles, o bijupirá trabalhado no Pesca+Sustentável

Para participar da degustação, compre seu ingresso aqui